A escova ideal existe?

escova_de_denteHoje fui comprar uma escova de dente. Fui à farmácia e fiquei tonto ao ver a variedade que lá existia.

Eram de todas as cores, formas e tamanhos: Algumas retas, outras tortas, algumas vibravam e até existia uma que tinha a função de limpador lingual.

 

De fronte à tamanha diversidade é fácil entender porque não sabemos como deve ser uma escova ideal, pois somos massacrados pela mí­dia marketeira que quer vender os produtos da Marca X ou Y e que, curiosamente, todos são recomendados pelos dentistas.

Aqui vai a sugestão da escova ideal para você:

  1. Ela apresenta um cabo reto, firme e anatômico, isto é, não pode dobrar e nem escorregar durante o uso.
  2. Cabeça de tamanho proporcional ao tamanho da sua boca (boca pequena, cabeça pequena, boca muito grande, cabeça grande)
  3. As cerdas precisam ser macias, mas não muito maleáveis. De forma alguma podem ser rígidas em demasia pois agredirão a sua gengiva.
  4. Nada de sulcos ou cerdas de tamanho diferentes. Todas precisam ser do mesmo comprimento, no formato hexagonal e com as pontas arredondadas para massagear (e não machucar) a sua gengiva.
  5. A caracterí­stica mais importante! Ela não pode ficar no seu armário!!! Escova boa é aquela usada regularmente e de forma correta!!!

Mas Dr., uma escova assim não existe para vender! Procure bem meu amigo que você a encontrará e ficará surpreso ao descobrir que ela é muito mais barata do que a escova colorida que vibra e tem o SuperMan desenhado nela!

Deixe uma resposta