Mitos sobre o mau hálito

mau_halitoA Halitose, popularmente conhecida por mau hálito, na grande maioria das vezes não representa uma doença propriamente dita. De fato, ela é um sintoma de que algo está errado com o seu organismo.Ela pode ser uma simples alteração fisiológica que culmina em alterar o odor do hálito (causada pela falta de uma boa higiene bucal), ou algo mais complexo como conseqüência de uma diabete, estress etc.

A halitose é tão antiga que podemos encontrar relatos até na Bíblia sobre a sua existência. Ela foi descrita como uma entidade clinica no ano de 1874 e por incrível que pareça até muito pouco tempo, pouco se sabia sobre o seu diagnostico e tratamento. Isso fez com que muitas pessoas passassem toda uma vida sofrendo as conseqüências desse mal.

Acredita-se que mais de 30% da população brasileira sofra de forma crônica do problema.

As principais causas para a halitose são:

  • Saburra lingual e má higiene bucal (cerca de 90% dos casos);
  • Deficiência de vitamina A e D;
  • Baixo fluxo salivar ou saliva muito viscosa;
  • Presença de cáseos nas amígdalas;
  • Doença periodontal;
  • Distúrbios respiratórios;
  • Estresse;
  • Problemas otorrinolaringológicos, que possam levar a respiração bucal;
  • Diabetes, problemas hepáticos e renais;

Uma forma de saber se você sofre de halitose é cobrir sua boca e nariz com a mão, exalar e sentir o hálito. Uma outra forma é perguntar a alguém em quem você confia como está o seu hálito.

As conseqüências negativas na vida do portador de halitose são várias e quase todas de ordem psico-social. Vejam algumas:

  • Insegurança ao se aproximar das pessoas;
  • Depressão, timidez e ansiedade;
  • Dificuldade em estabelecer relações amorosas;
  • “Esfriamento” do relacionamento entre o casal;
  • Dificuldade para sorrir;
  • Baixo desempenho profissional, quando ele requer contato com outras pessoas;

Cerca de 90% dos casos de halitose são derivados da saburra lingual e de uma má higiene bucal. A prevenção se faz com uma correta higiene bucal: Escove os dentes logo após as refeições e higienize a língua usando um limpador lingual.

IMPORTANTE: Não use a escova de dente para limpar a língua pois ela não é apropriada.

Não esqueça de visitar seu dentista periodicamente para fazer uma limpeza de seus dentes.

Deixe uma resposta