Cuidados com os dentes de leite!!!

dentes_leiteO cuidado com os dentes de leite (dentes decíduos) do bebê é um ato de amor.

Muitos pais negligenciam esses cuidados baseados no seguinte argumento: “Por que devo cuidar desses dentes se eles vão cair em alguns meses?!”. 

Esse argumento é totalmente errado. O sorriso bonito do seu filho na fase adulta dependerá dos cuidados que os pais tiveram com os dentes de leite.

Explicando melhor:

Os dentes de leite servem como uma espécie de guia, ajudando na fixação e posicionamento dos dentes permanentes. Na ausência prematura dos dentes de leite, os dentes permanentes podem crescer fora da posição normal e provocar um desequilíbrio no crescimento das estruturas faciais como ossos e músculos.

Há várias dúvidas dos pais em relação aos dentes de leite. Vamos esclarecer algumas.

A erupção dos primeiros dentes costuma ocorrer entre o quarto e sexto mês de idade, sendo que o atraso de alguns meses pode ser considerado normal. Desta forma, não precisa se preocupar se no primeiro aniversário o bebê estiver parecido com o vovô, ou seja, sem dentinhos e carequinha.

Quando os dentes estão por vir, alguns sinais são facilmente percebidos:

  • A gengiva do bebê fica um pouco esbranquiçada;
  • O bebê começa a sentir uma certa coceira na gengiva devido à pressão da erupção dos dentes;
  • Na época da erupção, o bebê pode ter uma diminuição do apetite, febre baixa e sono agitado;
  • O bebê passa também a babar bastante, devido ao amadurecimento das glândulas salivares;

Nessa fase, o bebê pode levar várias vezes a mão à boca devido à irritação da gengiva. É preciso cuidado para evitar o transporte de substâncias nocivas que possam causar diarréia e vômito.

Para amenizar a irritação, a mãe pode oferecer um mordedor macio (consulte seu dentista na escolha do melhor modelo para o seu bebê) e, também, realizar uma massagem com o dedo indicador na gengiva do bebê (limpem bem as mãos mamães!!!).

Para limpar a boca do bebê, use uma gaze embebida na água ou soro fisiológico, sempre após as mamadas ou refeições. Limpe suavemente retirando todo o resto de alimento da boca do bebê.

À medida que o bebê cresce, a limpeza pode ser feita com uma escova de dente muito macia e pouquíssima pasta de dente. Não pode usar muito creme dental, pois o bebê não consegue cuspir e, em alguns casos, ele pode engolir a pasta podendo provocar intoxicação.

A primeira visita ao dentista precisa acontecer antes da erupção dos dentes. O bebê precisa criar um vínculo amistoso com o dentista.

Outro fator importante para um bom desenvolvimento dos dentes e músculos da face é a amamentação.

O movimento de sugar estimula o crescimento direcionado da maxila e da mandíbula, além de ajudar no correto movimento dos músculos para a deglutição. As mães devem ter um cuidado redobrado com as cáries de mamadeira. É imprescindível a limpeza da boca do bebê antes do bebê dormir.

Deixe uma resposta